Novo clipe do In Flames

“Here Until Forever”, do álbum Battles.

Novos membros renovam o In Flames

in flames

A AntiHero Magazine perguntou ao guitarrista Björn Gelotte por quanto tempo o In Flames ainda pretende seguir fazendo discos e excursionando. “Se continuarmos nos divertindo tanto quanto atualmente, não consigo ver um fim. Ainda temos saúde e amamos o que fazemos. Tivemos mudanças de formação, mas encontramos caras muito legais, que renovaram a energia da banda. É muito triste quando alguém sai, especialmente após ficarmos por vinte anos juntos. Sempre vai faltar algo. Mas fomos sortudos ao achar pessoas muito positivas. É o que nos faz seguir em frente”. Recentemente, o baixista Peter Iwers deixou o grupo, após dezoito anos. Hakan Skoger e Bryce Paul o substituíram nas recentes turnês.

In Flames anuncia baixista para nova turnê

O In Flames anunciou que Bryce Paul (Ives) será o baixista da nova turnê norte-americana. Ele é o segundo músico a substituir Peter Iwers, que se retirou após 17 anos com a banda. Hakan Skoger (Passenger, Gardenian) excursionou com o grupo pela Europa.

Baterista conta como entrou no In Flames

in flames

O GrasserProduction.com perguntou ao baterista Joe Rickard como aconteceu sua entrada no In Flames. O músico foi convidado para gravar o álbum mais recente, Battles, e acabou ficando. “Fui contratado pelo produtor para registrar o disco. Não fazia ideia de que acabaria ficando com a vaga. Apenas dei o melhor de mim e me diverti muito com a banda. Fizemos churrascos e ficávamos ouvindo Van Halen. Fiquei surpreso quando fizeram o convite, mas não dá para recusar o In Flames”. Joe substitui Daniel Svensson, que se retirou em 2015 para trabalhar em outras atividades.

“Não quero escrever músicas sobre política ou com temáticas fantasiosas”

in flames

O vocalista Anders Fridén falou ao A Music Blog, Yea! sobre o approach lírico de Battles, novo álbum do In Flames. “Provavelmente conseguiria, mas não quero escrever músicas sobre política ou com temáticas fantasiosas. Prefiro coisas que eu e os fãs lidamos em nosso cotidiano. Enfrentamos batalhas desde quando nascemos até o fim da vida. Precisamos cuidar do nosso passado para abraçar o futuro. Todo mundo se identifica com esse tipo de questionamento”.

Alter Bridge terá In Flames e Metal Church como atrações de abertura nos Estados Unidos

alter church

O Alter Bridge confirmou que In Flames e Metal Church serão as bandas de abertura na próxima turnê norte-americana. Serão 7 apresentações entre 21 de abril e 17 de maio. O quarteto divulga seu álbum mais recente, The Last Hero. Em setembro, se apresentam no Rock In Rio.

Guitarrista explica saída de baixista do In Flames

flames iwers

O guitarrista Björn Gelotte explicou à Metal Express Radio os fatores que levaram o baixista Peter Iwers a deixar o In Flames, após quase vinte anos. Seu substituto é Hakan Skoger, que já está tocando com a banda. “Acredito que Peter tenha cansado dessa vida. Somos donos de um restaurante em Gotemburgo, o 2112, que ele está cuidando, assim como sua cervejaria com Daniel (Svensson, baterista do grupo). Não temos mais 18 anos. Pessoas diferentes possuem prioridades diferentes. É triste, ele é nosso irmão, mas temos outras ocupações em comum e continuaremos nos encontrando o tempo todo”.

In Flames anuncia baixista temporário

flames hakan

O baixista Hakan Skoger (Passenger, Gardenian) fará a próxima turnê europeia do In Flames. Ele substitui Peter Iwers, que deixou o grupo após quase duas décadas. Os suecos são convidados da excursão conjunta do Avenged Sevenfold e Disturbed. Battles, álbum mais recente, saiu em novembro passado.

In Flames abraça a era dos streamings

in flames

O Musik Universe perguntou ao vocalista Anders Fridén como o In Flames encara a era dos serviços de streaming, responsáveis por boa parte de como o público em geral tem acesso à música em tempos atuais. “É como o rádio, você tem no seu bolso. Acho ótimo, temos que nos adaptar. Pessoalmente, ainda amo o vinil, gosto de segurar o produto. Mas considero os aplicativos um bom complemento. Podem tirar um pouco da diversão de lançar algo, pois assim que sai, já está em todos os lugares. Quando era jovem, precisava esperar o disco chegar à loja, era um sentimento mágico tê-lo nas mãos. Mas hoje é diferente”.

In Flames agrada a si antes dos fãs

O vocalista Anders Fridén falou à rádio americana 90.3 WMSC-FM sobre a atitude do In Flames ao não prestar atenção nas opiniões externas. “Amamos nossos fãs, mas antes de qualquer coisa, temos que atender os nossos gostos pessoais. O fato de as pessoas gostarem e podermos viajar o mundo com nossa arte é fenomenal. Sinto-me grato, mas não penso no público, gravadora ou produtores. O que importa é a banda curtir”.

Baixista deixa o In Flames

peter iwers

Após 17 anos, o baixista Peter Iwers anunciou que a próxima turnê norte-americana do In Flames marcará sua despedida. Em nota oficial, ele declarou ser o momento de ir atrás de outras aventuras, dentro e fora da música. Este ano, o baterista Daniel Svensson já havia deixado o grupo, sendo substituído por Joe Rickard. Nas últimas semanas, o álbum Battles chegou às lojas.

Vocalista do In Flames fala sobre música em homenagem ao filho

andersfrideninflames

O vocalista Anders Fridén falou ao FaceCulture.com sobre “Here Until Forever”, música do novo álbum do In Flames, Battles. Ela foi escrita para seu filho, de oito anos. “Anteriormente, havia composto ‘Come Clarity’ para minha filha, então, ele sempre cobrava que lhe homenageasse. Agora, me senti pronto para fazer justiça. Obviamente, é uma canção mais pessoal, direcionada a alguém. Mesmo assim, a letra fica para interpretação aberta, você pode dedicar a alguém que ama, sente saudades ou possui algum tipo de ligação especial”.

O feedback foi o melhor possível. “Ele chorou quando a ouviu pela primeira vez. Ficou muito orgulhoso. É importante ter algo do tipo, pois passamos meses distantes um do outro por causa das turnês. Agora, temos o que nos conecta. Se ficar triste e quiser entrar em contato, pode recorrer a algo que traz segurança. Também pode mostrar aos amigos e dizer ‘essa é a minha música’”.