Bumblefoot diz que não guarda mágoa do Guns, mas guarda

bumblefoot guns

O guitarrista Ron “Bumblefoot” Thal garantiu ao Trunk Nation que já sabia da reunião de Slash e Axl antes da sua saída do Guns N’ Roses. E deixou claro que teria pulado fora de qualquer forma. “Não teve qualquer influência. Já não me sentia bem dentro da banda a essa altura. Nem penso em ver a turnê atual. Seria como ir ao casamento da ex-namorada. Estive no palco e o fim não foi belo. Não guardo mágoas, mas foi uma época difícil”.

Bumblefoot não se arrepende de ter tocado no Guns N’ Roses

bumblefoot guns

Em aparição no Trunk Nation, o guitarrista Ron “Bumblefoot” Thal deixou claro que, apesar de não ter tido a chance de compor, não possui arrependimentos em relação à sua passagem pelo Guns N’ Roses. “Poderia ficar pensando sobre o que teria acontecido caso tivesse seguido um caminho diferente. Mas é a vida, não mudaria nada. Três anos atrás eu daria uma resposta diferente. Hoje penso que pude fazer parte de algo que alegra as vidas de milhões de pessoas. Isso é maravilhoso”. Atualmente, o músico é especulado em um supergrupo com Mike Portnoy e Derek Sherinian, além de estar participando do Art Of Anarchy.

DJ Ashba só conheceu Axl nos bastidores de seu primeiro show com o Guns N’ Roses

axl ashba

Em entrevista ao Hanging With Lavs, do canal de TJ Lavin no YouTube, o guitarrista DJ Ashba lembrou seu começo no Guns N’ Roses. E ressaltou só ter conhecido o chefe na hora que o trabalho começou para valer. “Havia encontrado Axl uma vez, quando estava no Beautiful Creatures. Sharon Osbourne nos apresentou. Fiz o teste e ensaiei com o Guns N’ Roses sem sua presença. Minha estreia foi em Tóquio, diante de 60 mil pessoas. Ainda não o tinha visto. Quando as luzes se apagaram para começar o show, ele apareceu. Assim nos conhecemos começamos nossa jornada de seis anos juntos”.

Tommy Stinson acha que Axl foi “Punk Rock” ao seguir com nome Guns N’ Roses sozinho

Em aparição na Fox News, o baixista Tommy Stinson comentou como encarou o convite para se juntar ao Guns N’ Roses, onde ficou entre 1998 e 2014. “Axl é o dono do nome, a banda é dele. Quando fui chamado, vi que seu objetivo era preservar a carreira e a si mesmo, seguindo em frente. Achei algo bem Punk Rock de se fazer, uma ideia muito boa. Não tenho nada de ruim a dizer sobre o tempo que passamos juntos. Vi dois shows da reunião e foram ótimos. Somos todos amigos e mantemos contato”.

Ex-Skid Row nunca entendeu Axl

affuso axl

Em entrevista à Orange Magazine, o baterista Rob Affuso relembrou os tempos em que Guns N’ Roses e Skid Row excursionavam juntos. E contou não ter conseguido decifrar Axl Rose. “Nunca o entendi. Um dia era amigo, no outro agia como se você não existisse. Não falo isso de um modo ruim, é o jeito de ele ser. Era uma pessoa muito séria, às vezes. Adorava dar grandes festas após os shows e eu adorava ir”.

Rock In Rio confirma Guns N’ Roses e The Who na mesma noite

guns who

Após muita especulação, o Rock In Rio confirmou que Guns N’ Roses e The Who farão shows na mesma noite. Os veteranos do festival e os veteranos da história – pela primeira vez no Brasil – se apresentam dia 23 de setembro. Com isso, os headliners do evento já estão todos anunciados. Até o dia 6 de abril, quando começa a venda de ingressos, todas as outras atrações estarão no papel.

Steven Adler só conversou por dez segundos com Axl em todas as participações na atual tour

adler axl

Em entrevista ao Trunk Nation, o baterista Steven Adler revelou que Slash e Duff McKagan foram as mentes por trás de sua reunião com o Guns N’ Roses para algumas músicas durante a Not In This Lifetime Tour. Em relação ao frontman… “Só falei com Axl por dez segundos, literalmente. Na primeira noite, em Cincinnati, recebi um cumprimento de mãos e um sorriso. Depois, em Los Angeles, pude abraçá-lo e agradecer pela oportunidade. Então, seguimos nossos caminhos. É o Axl, ele precisa relaxar ao menos por uma hora após as apresentações, pois é um monstro no palco. Adoraria fazer mais, mas as coisas são como são”.

Steven Adler explica porque não está tocando na atual turnê do Guns N’ Roses

Durante participação no One On One With Mitch Lafon, o baterista Steven Adler deu sua versão sobre o fato de estar tocando apenas algumas músicas como convidado em shows específicos da Not In This Lifetime Tour, do Guns N’ Roses. “Quando soube que a reunião ia acontecer, tratei de ficar em forma. Ensaiei duas vezes por dia nos últimos dois anos, vinte e cinco músicas, incluindo as de Appetite For Destruction e Use Your Illusion, até mesmo as que não gravei. Machuquei um nervo nas costas, mas melhorei a tempo. Pedi para voltar, não quiseram e fiquei magoado”.

Mesmo assim, Adler aceitou a aparição temporária por não querer se entregar a ressentimentos. “Minha esposa diz que estou sorrindo até enquanto durmo. Estive em um palco, diante de milhares de pessoas, com Slash, Duff e Axl. Lamento que Izzy não tenha se juntado a nós, mas ainda assim, tinha que fazer isso. Pedi a Deus por vários anos, queria tocar com eles novamente. Várias pessoas me pediam, ano após anos. Na verdade, gostaria que nunca tivéssemos nos separado”.

Guns N’ Roses e The Who na mesma noite de Rock In Rio

guns who

De acordo com o jornalista José Norberto Flesch, do Destak Jornal, Guns N’ Roses e The Who farão shows na mesma noite durante o Rock In Rio. A banda de Roger Daltrey e Pete Townshend virá pela primeira vez à América do Sul, enquanto Axl e companhia regressam pela segunda vez na atual turnê. Nos últimos anos, o Guns vem tocando um cover para “The Seeker”, música dos ingleses. As duas atrações farão sets completos, como co-headliners. Mais detalhes em breve.

Tommy Stinson diz que DJ Ashba anunciou saída do Guns N’ Roses só para aparecer

stinson ashba

O HardRockHeaven.net questionou o baixista Tommy Stinson sobre quando ficou claro que Axl Rose se reuniria com Slash e Duff McKagan. “Se me perguntassem à época em que estava na banda, diria que não ia rolar. Mas algumas coisas aconteceram em meus últimos dias. Depois, DJ Ashba também saiu, então passei a acreditar que era hora de eles se reunirem. Fico feliz que tenha acontecido. Assisti dois shows e eles estão detonando, além de se divertirem muito, livres de dramas”.

Mesmo assim, o músico não deixou de estranhar quando o antigo colega anunciou que também havia pedido as contas. “Ashba me telefonou e contou que ia sair. Achei engraçado que tenha transformado isso em algo tão importante, pois nada estava acontecendo com a banda àquela altura. Acho que ele resolveu se adiantar ao anúncio da reunião para ganhar alguns holofotes na imprensa. Foi esquisito ele fazer um estardalhaço tão grande por algo do tipo”.

Guns N’ Roses pede desculpas aos fãs australianos após “momento Spinal Tap”

guns melbourne

A apresentação do Guns N’ Roses em Melbourne, Austrália, na noite desta terça-feira, transcorreu sem maiores problemas. Exceto por um pequeno deslize de McBob, técnico de instrumentos e responsável pela introdução do show. Ao conclamar o público, o apresentador mandou ver um “Sydney”, trocando a cidade. O momento – e as consequentes vaias – pode ser conferido aqui. Posteriormente, os músicos e o perfil oficial da banda se desculparam nas redes sociais.

Vocalista do Rose Tattoo sobe ao palco com o Guns N’ Roses

Além de Angus Young, o segundo show do Guns N’ Roses em Sydney, realizado neste sábado, contou com outra figura importante do Rock australiano. O vocalista do Rose Tattoo, Angry Anderson, se juntou à banda para tocar “Nice Boys”. A canção foi regravada por Axl e companhia no EP Live ?!*@ Like A Suicide, de 1986.