Phil Rudd acha que Angus Young não devia parar: “Ele nunca tocou tão bem”

ac/dc angus

Apesar de o AC/DC estar cheio de desfalques, o baterista Phil Rudd não acha que Angus Young deveria parar. “Não acho que seja uma boa ideia. Ele nunca tocou tão bem como em Rock Or Bust. Para que parar? Aquele pequeno Napoleão precisa conquistar mais”, declarou ao Rich Davenport Show.

Phil Rudd admite ter dado “tiro no pé”

phil rudd

Em entrevista ao Eonmusic.com, o baterista Phil Rudd admitiu decepção por ter ficado fora da Rock Or Bust Tour, do AC/DC. “Sim, fiquei muito desapontado. Porém, sei que me dei o que chama de tiro no pé. Foi tudo culpa minha. Por conta disso, estou restrito de viajar pelo mundo como no passado (o músico se refere à sua recente série de rolos com a justiça). Mas ainda não parei”.

Phil Rudd ainda pensa em voltar a tocar com Angus Young

rudd angus

Pronto para embarcar em uma turnê solo pela Europa no início de 2017, o baterista Phil Rudd mantém a ideia de tocar com Angus Young futuramente, seja no AC/DC ou algum outro projeto. “Adoraria fazer algo com ele novamente. Temos grandes histórias juntos, assim como com todos os outros caras da banda. Ainda estamos vivos, embora nem todos estejam bem de saúde”, disse o músico à Press Association. Recentemente, Phil se submeteu a uma cirurgia cardíaca, após passar por tempos turbulentos, que resultaram em sua prisão.

Photobook da última turnê do AC/DC sendo lançado

ac/dc

A editora Rufus Stone confirmou para o primeiro semestre de 2017 o lançamento de um photobook do AC/DC. A obra registra, através das lentes do conceituado fotógrafo Ralph Larmann, a turnê Rock Or Bust. Completam o conteúdo memorabilia da excursão, além de curiosidades e fatos relacionados ao giro mundial. O livro terá em torno de 200 páginas. Mais detalhes em breve.

AC/DC também lança seu suéter de natal

ac/dc

A peça está à venda na loja oficial da banda. O preço? 37,50 Trumps.

AC/DC: 35 anos de For Those About To Rock

for those

(lançado em 23 de novembro de 1981)

O AC/DC alcançou o topo do mundo com Highway To Hell e Back In Black. Entre os dois discos superou uma tragédia que resultou em troca do vocalista. Independente da preferência pessoal entre um ou outro disco e cantor, o fato é que os australianos por adoção não poderiam ter se dado melhor. Obviamente, a parceria com o produtor John “Mutt” Lange não seria interrompida a essa altura dos acontecimentos, embora os irmãos Young já não o aguentassem mais – era um perfeccionista trabalhando com uma das bandas mais espontâneas da história do Rock. Talvez por esse desgaste, For Those About To Rock não se saiu tão bem quanto os antecessores. A fórmula do sucesso ainda está ali e o disco alcançaria o inédito primeiro lugar da parada norte-americana, feito só repetido com Black Ice, quase vinte anos depois. Porém, basta uma simples escutada para se dar conta que ele não encara uma comparação com a dobradinha previamente citada.

O grande sucesso foi a faixa-título, uma referência às palavras finais dos gladiadores romanos ao imperador: Ave Imperator, morituri te salutant. A segunda parte da sentença, traduzida para o inglês, fica “For those about to die, we salute you”. Foi o segundo single lançado, sendo “Let’s Get It Up” o primeiro. As outras canções dividem os fãs. Mesmo sem filmar videoclipes, o AC/DC vendeu mais de 7 milhões de cópias em todo o mundo – 4 só nos Estados Unidos. A turnê foi a última com o baterista Phil Rudd até a metade dos anos 1990. Ele chegou a gravar o álbum seguinte, Flick Of The Switch, mas foi substituído por Simon Wright antes do início da excursão. Outra mudança é que, finalmente, Angus e Malcolm conseguiriam se livrar de Mutt Lange, assumindo controle total das ações. O que não foi exatamente uma coisa boa, como o tempo se encarregaria de mostrar.

Brian Johnson (vocais)
Angus Young (guitarra)
Malcolm Young (guitarra)
Cliff Williams (baixo)
Phil Rudd (bateria)

01. For Those About To Rock (We Salute You)
02. Put The Finger On You
03. Let’s Get It Up
04. Inject The Venom
05. Snowballed
06. Evil Walks
07. C.O.D.
08. Breaking The Rules
09. Night Of The Long Knives
10. Spellbound

for those

Halestorm lança versão para “Mistress For Christmas”, do AC/DC

halestorm ac/dc

A música, original do álbum The Razors Edge (1990), é o single para celebrar as festas de final do ano. Ela já está disponível nos formatos digitais para download ou streaming.

“Ver Axl cantando com o AC/DC foi um dos momentos mais felizes da minha vida”

Axl

Em aparição na rádio 93.3 WWMR, da Filadélfia, Tracii Guns deixou claro não ter qualquer mágoa de Axl Rose devido a alguma rusga do passado. E foi mais longe, se declarando um torcedor do velho companheiro até hoje. “Continuei o apoiando após sair e sigo assim até hoje. Um dos momentos mais felizes da minha vida foi vê-lo cantando com o AC/DC. Começamos algo grandioso juntos. Tenho orgulho de tudo que fiz, com quem trabalhei, como afetamos toda uma cultura musical e espalhamos herpes pelo mundo (risos)”.

Vocalista do Airbourne rasga elogios para performance de Axl com o AC/DC

Airbourne

O MyGlobalMind.com perguntou a Joel O’Keeffe, vocalista do Airbourne, se ele chegou a receber algum convite para assumir os vocais do AC/DC. “Não, mas li muitas coisas online sobre o assunto. Estávamos em estúdio e fiquei feliz com o que as pessoas diziam sobre eu ser uma boa opção. Obviamente, se me chamassem, teria ido. Mas Axl Rose fez um grande trabalho, cantou todas as músicas muito bem e ofereceu um ótimo show. Misturou o registro de Brian Johnson com a imprevisibilidade e carisma de Bon Scott”.

Vovó se empolga ao som de AC/DC e viraliza na web

A banda escocesa Badboys mandou ver um cover de “Highway To Hell” no último sábado, em Paisley. E contou com uma atuação especial.

Especialista acredita que Brian Johnson pode voltar aos palcos em seis meses

Brian Johnson

O especialista em tecnologia de audição, Stephen Ambrose, falou à TeamRock Radio sobre as expectativas em relação à recuperação de Brian Johnson. O (ex?) vocalista do AC/DC testou a mais recente invenção do cientista após precisar se retirar da Rock Or Bust Tour, devido a problemas nos ouvidos. Os resultados foram satisfatórios e o músico aguardava pela versão portátil.

“Não ficarei surpreso se Brian e outras pessoas que sofrem com o mesmo problema tenham um aparelho definitivo em breve. Projeto entre seis e doze meses. Ele poderá retomar atividades sem qualquer dano. Estamos fazendo os ajustes. A seguir, ficará a critério dos médicos que o estão avaliando. Acredito que teremos sucesso na experiência”, declarou Ambrose.

AC/DC encerra turnê e Cliff Williams diz adeus aos palcos

ac/dc

Aconteceu na noite desta terça-feira, na Filadélfia, Estados Unidos, o último show da Rock Or Bust Tour. A acidentada excursão do AC/DC, que ficou marcada pela saída do vocalista Brian Johnson, substituído por Axl Rose, foi fechada pela última apresentação da carreira do baixista Cliff Williams. Agora, com apenas Angus Young das formações mais populares da banda, o futuro está em cheque. O setlist contou com:

01. Rock Or Bust
02. Shoot To Thrill
03. Hell Ain’t A Bad Place To Be
04. Back In Black
05. Got Some Rock & Roll Thunder
06. Dirty Deeds Done Dirt Cheap
07. Rock ‘N’ Roll Damnation
08. Thunderstruck
09. High Voltage
10. Rock ‘N’ Roll Train
11. Hells Bells
12. Given The Dog A Bone
13. If You Want Blood (You’ve Got It)
14. Live Wire
15. Sin City
16. You Shook Me All Night Long
17. Shot Down In Flames
18. Have A Drink On Me
19. T.N.T.
20. Whole Lotta Rosie
21. Let There Be Rock

Encore:

22. Highway To Hell
23. Riff Raff
24. Problem Child
25. For Those About To Rock (We Salute You)