Memórias do Futebol: Os dez anos do penta – parte 6

O Brasil está de novo em uma final de Copa do Mundo. Com uma vitória por 1 x 0 sobre a Turquia nesta quarta-feira, a seleção brasileira garantiu vaga na decisão do Mundial de 2002 contra a Alemanha.

Será a sétima final de Copa disputada pelo Brasil e a terceira consecutiva.

O confronto de domingo, em Yokohama, será o primeiro entre o tetracampeão Brasil e a tricampeã Alemanha na história dos Mundiais.

O gol da vitória da seleção brasileira foi marcado por Ronaldo no começo do segundo tempo. O atacante da Inter de Milão, que era dúvida para a partida por causa de uma lesão na coxa esquerda, não se movimentou muito no primeiro tempo, mas armou boas jogadas na etapa final.

Ronaldo assumiu agora a artilharia da Copa, com seis gols. Rivaldo e o alemão Klose têm cinco.

A equipe do técnico Luiz Felipe Scolari contou com o apoio da torcida japonesa, que praticamente lotou e cobriu o estádio de Saitama de verde e amarelo, com exceção de uma mancha vermelha atrás do gol defendido por Marcos no primeiro tempo.

Fonte: UOL

Brasil 1×0 Turquia
26 de junho de 2002

Brasil: Marcos, Lúcio, Edmilson e Roque Júnior; Cafu, Gilberto Silva, Kléberson (Belletti), Rivaldo e Roberto Carlos; Edilson (Denilson) e Ronaldo (Luizão). Técnico: Luiz Felipe

Turquia: Rustu, Kormaz, Akyel e Alpay; Davala (Izzet), Tugay, Basturk (Erden), Emre (Mansiz) e Ergun; Hakan Sukur e Hasan Sas. Técnico: Senol Gunes

Arbitragem: Kim Milton Nielsen (Dinamarca), auxiliado por Maciel Wierzbowski (Polônia) e Igor Sramka (Eslovênia).
Gol: Ronaldo aos 4 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Gilberto Silva e Tugay
Local: Saitama, Japão

Publicado em Memórias do Futebol por João Renato Alves. Marque Link Permanente.