Emerald começa a gravar novo álbum em novembro

emerald

Os suíços do Emerald anunciaram que as gravações do próximo álbum terão início no próximo mês. O trabalho marcará a estreia do vocalista George Call e da baixista Vania Truttmann. Será o sétimo full-lenght da carreira do grupo.

Líder do Trouble vê renovação de público com novo disco

trouble-the-distortion-field

O guitarrista Bruce Franklin revelou ao Rock Overdose que The Distortion Field, mais recente trabalho do Trouble, angariou uma nova onda de fãs. “Foi um forte retorno à cena. Criamos interesse no público e conquistamos uma nova geração. Fizemos o que desejávamos. O considero melhor que nossos outros trabalhos recentes, trazendo todos os elementos que nos consagraram”.

“Vamos à América do Sul”, diz guitarrista do Accept

wolfhoffmannaccept

O guitarrista Wolf Hoffmann falou ao Metal-Rules.com sobre os futuros planos do Accept na turnê do álbum Blind Rage. “Devemos fazer os festivais europeus de verão. Além disso, queremos organizar uma excursão completa pela América do Norte, assim como vamos acertar shows na América do Sul. No momento, já estamos trabalhando nestes planos”.

Álbum do Battleaxe ganha relançamento celebrando 30 anos

battleaxe

Power From The Universe (1984) está ganhando uma reedição via SPV/Steamhammer. O trabalho estará disponível no dia 1º de dezembro, com quatro faixas bônus e encarte retrabalhado. O tracklist traz:

01. Chopper Attack
02. Metal Rock
03. Licence To Rock
04. Fortune Lady
05. Shout It Out
06. Over The Top
07. Power From The Universe
08. Make It In America
09. Killer Woman (Bonus Track)
10. Radio Thunder (Bonus Track)
11. My Love`s On Fire (Bonus Track)
12. Love Sick Man (Bonus Track)

“The Osbournes foi uma boa ideia que fugiu do controle”

theosbourneslogo_638

Em entrevista ao The Times-Picayune, Ozzy Osbourne refletiu sobre o reality show The Osbournes. “Foi uma boa ideia que fugiu do controle. O erro principal foi termos feito isso em nossa própria casa. Poderíamos ter criado uma reprodução em estúdio, para onde iríamos diariamente apenas para gravar. Achamos que daria certo, mas se transformou em uma loucura”.

The Rods procura gravadora para lançar próximo disco

therodsband2013_638

O guitarrista e vocalista David “Rock” Feinstein revelou ao Metal-Rules.com que o The Rods está trabalhando em um novo disco. O trabalho deve ficar pronto no primeiro semestre de 2015. Paralelamente ao trabalho em estúdio, o músico procura uma gravadora para o lançamento do trabalho.

Novo lyric video do outro Warrant

“Asylum”, do álbum Metal Bridge, que marca a volta do grupo alemão.

Astros do Rock se manifestam sobre morte de Jack Bruce

jackbruce

Tão logo foi anunciada a morte do baixista Jack Bruce, vários músicos manifestaram suas condolências nas redes sociais.

Eric Clapton (Cream, Blind Faith): “Foi com grande tristeza que fiquei sabendo da morte de Jack Bruce. Ele era um grande músico e compositor, tremenda inspiração para mim.

Ginger Baker (Cream, BBM): “Muito triste pela perda de um bom homem. Meus pensamentos e orações estão com sua família neste momento difícil”.

Glenn Hughes (Dee Purple, Black Sabbath, Black Country Communion, California Breed): “Descanse em paz, meu belo amigo Jack Bruce. Obrigado por sua incrível arte e por ter sido uma inspiração quando comecei a tocar baixo. Amo você”.

Geezer Butler (Black Sabbath, GZR): “Triste saber da morte de Jack Bruce. Minha maior influência e baixista preferido. Descanse em paz e obrigado”.

Tony Iommi (Black Sabbath): “Muito triste em saber da morte de Jack Bruce. Grande influência, incrível baixista e cantor. Um herói para muitos”.

Wolfgang Van Halen (Van Halen): “Muito, muito triste saber da morte de Jack Bruce. Incrível músico e inspiração. Descanse em paz”.

Mike Portnoy (The WInery Dogs, Transatlantic, Dream Theater): “Descanse em paz, Jack Bruce. Tive a honra de fazer uma jam com ele anos atrás, uma lembrança que guardarei. Uma lenda”.

Bruce Kulick (KISS, Union, Grand Funk Railroad): “Com grande tristeza, perdemos outra lenda. Jack Bruce era um tremendo talento. Pude conhecê-lo e fazer uma jam”.

Flea (Red Hot Chili Peppers): “Oh, cara. Jack Bruce. Amo esse cara. Grandeza única. É o fim de uma era”.

John Wetton (Asia, Uriah Heep, King Crimson): “Especialmente triste por saber que Jack Bruce morreu. Grande cara, uma inspiração até hoje”.

Vernon Reid (Living Colour): “Jack Bruce. Descanse em paz. Me faltam palavras”.

Blind Guardian: 25 anos de Follow The Blind

Blind-Guardian-Follow-The-Blind

(lançado em 25 de outubro de 1989)

Após a boa repercussão de Batallions Of Fear, trabalho de estreia, o Blind Guardian não demorou em retornar ao estúdio. Respaldados pelo reconhecimento e comparações com o Helloween, à época soberano na cena local, os alemães chamaram a atenção de Kai Hansen. O então recém saído das abóboras germânicas acabou participando diretamente com vocais e dois solos de guitarra no novo disco de Hansi Kürsch e companhia. O frontman, é bom lembrar, não se encarregava apenas do microfone nos primeiros anos do conjunto. Era dele a função de baixista. Com esse time, foi criado Follow The Blind, que para muitos fãs é o álbum que melhor representa a primeira fase do guardião cego.

Aqui, o Power Metal com toques de Speed – até mesmo de Thrash em algumas passagens – dominava o terreno. Sem a grandiosidade que caracterizaria os momentos posteriores, o grupo investia na agressividade sem descuidar das melodias pegajosas. Essas características consagrariam o único single lançado para promover o play, a empolgante “Banish From Sanctuary”. Da mesma forma, “Hall Of The King” exibia a pegada típica do país de origem dos músicos. Mas o grande hino ficaria por conta de “Valhalla”, até hoje uma das preferidas dos fãs. Curiosamente, a banda não depositava muita esperança de sucesso nela, ao contrário das duas anteriormente citadas. Grata surpresa, no final das contas.

Ainda há a trabalhada faixa-título, a pesada “Fast To Madness” e a ótima instrumental “Beyond The Ice”. Como curiosidade, a introdução “Inquisition” é tirada da Missa dos Mortos da Igreja Católica. Foi utilizada apenas a frase Pie Jesu Domine, dona eis requiem (Senhor Jesus, conceda-lhes o descanso). Na parte final, dois covers. “Don’t Break The Cicle”, dos britânicos do Demon, não aparece na versão original do vinil, seguindo a tradição da época de conceder uma faixa para o CD, visando impulsionar sua popularização. Fechando o tracklist, “Barbara Ann”, consagrada pelos Beach Boys. Ainda foi inserido um trecho de “Long Tall Sally”, clássico de Little Richard, com participação do músico e produtor alemão Rolf Köhler.

Follow The Blind ajudou a manter o nome do Blind Guardian em franca ascensão. A banda seguiria excursionando pela Europa até o final do ano seguinte, quando lançaria Tales From The Twilight World. Este trabalho já mostraria os caminhos que seriam seguidos posteriormente, com a adição de corais e influências de música clássica, proporcionando uma sonoridade mais épica. Mas essa história é para ser contada em outro momento. De certo, apenas o fato de que o grupo sempre ofereceu material de qualidade, independente da fase da carreira.

Hansi Kürsch (vocais, baixo)
André Olbrich (guitarra)
Marcus Siepen (guitarra)
Thomen Stauch (bateria)

01. Inquisition
02. Banish from Sanctuary
03. Damned For All Time
04. Follow the Blind
05. Hall of the King
06. Fast to Madness
07. Beyond The Ice
08. Valhalla
09. Don’t Break The Circle
10. Barbara Ann

blind_guardian_-_follow_the_blind_inlay

Skid Row começa a compor terceiro EP em janeiro

skidrow

O guitarrista Dave “Snake” Sabo revelou ao Rock N Reel Reviews que o Skid Row começa a compor para o seu novo EP no mês de janeiro próximo. O terceiro capítulo da saga United World Rebellion deve encerrar a série de lançamentos no formato. O lançamento deve acontecer ainda no primeiro semestre de 2015.

Baixista comenta vida comportada do Judas Priest

Judas+Priest+judaspriest

O lado selvagem do Judas Priest se manifestava apenas no palco. Ao menos foi o que garantiu o baixista Ian Hill ao GreenvilleOnline.com. “Acho que aprendemos desde o início da carreira que se você jogar uma TV pela janela do hotel terá que pagar por ela. Não somos tão estúpidos. Tivemos nossos momentos, noites malucas, mas nunca fomos pessoas destrutivas. Não fazia sentido para mim”.

Bloodbound libera nova música

“Iron Throne”, do álbum Stormborn.